ÚLTIMOS

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Melhorando a recordação dos sonhos: fatores externos

    Assim como o texto anterior, esse também está direcionado para a melhora da percepção do estado mental dos sonhos. Isso é um pilar de sustentação para qualquer onironauta que deseja obter seu primeiro sonho lúcido ou intensificar sua frequência. Particularmente, minha experiência com a leitura dos textos tem sido muito boa, com melhora na quantidade e qualidade dos sonhos lúcidos: 4 sonhos lúcidos em uma semana! Minhas aulas não começaram ainda(greve). Apenas voltei de férias para o trabalho.

Aprimorando os cuidados com o despertar e o adormecer(fatores externos) consegui intensificar a frequencia dos meus sonhos lucidos em uma semana.


    Seguindo adiante nos fatores que influenciam nossa capacidade de recordar os sonhos, o objeto agora são os fatores externos. Isso envolve os elementos exteriores que interferem diretamente na qualidade da recordação dos sonhos.

    Em muitos manuais sobre sonhos é possível encontar dicas e orientações sobre a melhor maneira de acordar, sem perder a lembrança do que foi sonhado. Normalmente os fundamentos disso estão relacionados a maneira como seremos perturbados ao acordar. Quanto mais serenamente for o despertar, mais fácil será a recordação.
    
     As chances de recordarmos melhor dos nossos sonhos diminuem na proporção em que sofremos interferência quando acordamos. É o caso por exemplo de sair do sono com um despertador barulhento, uma música, rádio ou ruído vindo da rua. Com fatores como esses intervindo, a lembrança dos sonhos vai se dissipando rapidamente.

Despertadores barulhentos, ruidos da rua, musica alta... são fatores que podem prejudicar a recordação dos sonhos.


     Despertar pensando nas obrigações que nos aguardam também não irá favorecer a memória dos sonhos. É essencial que seja possível acordar de modo tranquilo, pelo menos algumas vezes durante a semana.

      Pessoalmente, sou obrigado a utilizar despertador, especialmente quando estou em época de universidade e trabalho, juntos na rotina. Configuro meu celular para despertar com um toque musical menos barulhento possível e num volume não irritante. O ideal é nos condicionarmos a acordar antes do toque.

       Talvez boa parte dos onironautas já tenha percebido, mas os finais-de-semana e as férias são períodos excelentes para lembrar dos sonhos. Não é preciso grandes reflexões para entender como se distanciar um pouco das rotinas estressantes, contribui dramaticamente para reforçar nossas recordações dos sonhos. Isso pode ser aplicado também nos momentos da iminência do sono. Algo como uma micromeditação antes de adormecer. Seja através de pensamentos relaxantes sobre os sonhos que virão, orações para os espiritualizados entre outros! ;)




Bibliografia:

KAST, Verena. SONHOS - A Linguagem Enigmática do Inconsciente. Editora Vozes. 2010 - Petrópolis RJ.

20 comentários :

  1. Olá Márlon! Conheci o blog há pouco tempo e estou fascinado pela ótima qualidade dos tópicos abordados! Eu já conheço sobre os sonhos lúcidos há um bom tempo e já tive vários, mas já faz mais de um mês não tive um. Na verdade eu deixei de lado o assunto e acabei "esquecendo" de praticar durante as férias. Foi aí que por acaso encontrei seu blog um dia desses e me relembrei dos sonhos lúcidos! Já li todo o histórico e enriqueci ainda mais o meu conhecimento! ;)
    Tentei ontem a noite ter um sonho lúcido depois de todo esse tempo sem ter um mas foi uma tentativa frustrada. Tentei não forçar a mente a ter um SL apenas dizendo que queria ficar consciente no sonho. Fiquei bastante concentrado em não perder a lucidez mas acabei dormindo. O interessante é que eu me acordei bem cedinho,o que nunca acontece comigo. Tentei tirar proveito disso tentando incansavelmente entrar numa paralisia do sono mas só fiz adormecer novamente... Espero que hoje eu finalmente consiga! õ/

    Ah, e achei bem legal a ideia do Totem igual Inception! Já tenho o meu(um botão) e acho que poderá me ajudar a checar a realidade. Gostaria muito que você aprofundasse mais esse assunto em um post futuro e contasse como foi a sua experiência com o seu! Gostaria de saber mais sobre os Totens =D
    E é isso! Desculpa pelo texto GIGANTE, acho acabei escrevendo além da conta! rsrsrsrsrs
    Valeu amigo e parabéns pelo blog!!! Muito sucesso!!!
    Abraços! ;)

    ResponderExcluir
  2. Concordo aí com o Gustavo, também queria um post mais detalhado sobre totens e como utilizá-los como teste de realidade.
    Obrigado desde já e parabéns novamente pelo blog o/

    ResponderExcluir
  3. zzzzz... acordei sem despertador agora cedinho(5:30h da matina)...
    .
    Gustavo e Douglas,
    Talvez no próximo post já faça mais uma abordagem no uso dos Totens, vamos ver. Grato pelos elogios e pela sugestão companheiros onironautas!
    .
    Gustavo,
    É crucial evitar qualquer ansiedade causado pelo desejo de ter sonhos lúcidos, como tu parece ter feito quando comentou sobre "não forçar".
    Fiquei curioso com o uso do botão. Como tu usa esse totem?
    Descobrir que Método é mais compatível, técnica mais adequada com seu estilo, estar na rotina de anotações serão elementos-chave ;)
    Abraços e bons sonhos!

    ResponderExcluir
  4. Valeu pela dica Márlon, vou tentar evitar ao máximo a minha ansiedade pelos sonhos lúcidos! Realmente esse é o meu problema. Ontem eu tentei novamente e acabei dormindo normalmente. Só que foi ainda pior porque ao acordar eu não me lembrei de nada do que sonhei! Isso raramente acontece comigo. Tentei lembrar o máximo possível para anotar mas infelizmente foi tudo por água abaixo... Creio que tenha sido mesmo a questão da ansiedade que você falou.

    E quanto a totem, eu ainda não sei se funciona devido ao meu "enferrujamento" nos sonhos lúcidos. Mas eu ando sempre com ele no meu bolso e vez ou outra eu checo o comportamento dele: Ele tem uma parte côncava que costumo passar a unha para sentir sua saliência;Ao pressionar o dedão e deslizar por sua concavidade dar para sentir a passagem do ar entre o dedo;Sei seu peso, comportamento ao cair em alguma superfície sólida,faço reality check com ele, enfim, tentei habituar a minha mente a saber exatamente todo o comportamento do totem.

    Como o vejo constantemente no meu dia, as chances de que ele entre em um sonho são maiores. Só que a minha dúvida é a seguinte: Uma vez dentro do sonho, o totem se comportará da mesma forma que se comporta no mundo real?
    Meu receio é que como a minha mente já conhece todo o seu comportamento,peso e saliências ela reproduza tudo da mesma forma em um sonho.
    O que tu acha Márlon? Bom, assim que obtiver resultados concretos eu contarei como foi essa experiência do totem! xD
    Depois tu conta como que tá sendo a tua experiência com o teu relógio-totem! õ/
    Abraços e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  5. Iae gustavo blza? poxa muito bom ter onironautas experientes no blog, pois aqui eu e o tulio tamo se matando aushahusa e o marlon é o unico que tem nos dado direcionamento até agora, somar é sempre bom seja bem-vindo.
    Cara qnto sua duvida, é a duvida que assola quase todos os onironautas. Eu também ja me perguntei isso várias vezes, Já aconteceram duas ou três vezes de meu RC simplesmente falhar, no caso eu uso o RC do nariz onde se tampa o nariz e tenta respirar pelo mesmo. O Defeito no teste está nas leis da fisica, assim como é comum não ter gravidade nos sonhos as leis fisicas também não ditam muita coisa na realidade onirica logo minimos detalhes fisicos costumam sair do comum. No meu caso é praticamente impossivel se respirar com o nariz completamente tapado, assim em alguns sonhos, mesmo forçando o nariz o ar passava normalmente e isso não me dava consciencia. Em alguns casos também o ar realmente não passava, assim como na realidade. Também ja aconteceu de eu ascender luzes que ficavam piscando sem parar e algumas não responderem e ainda assim não consegui consciencia. Eu também sou muito ansioso e talvez\ isso esteja deteorando minhas possibilidade de ter SL's, mas parece que atualmente estou voltando ao normal, tive dois SL's bem relampagos essa semana, eu ficava muito euforico dentro do sonho querendo manter o controle e queria fazer tudo de uma só vez, por isso foi muito rapido, o maximo que deu pra fazer foi jogar uns carros pro alto aushahushua.

    ResponderExcluir
  6. Fala Breno! Ah que e é isso,eu não sou tão experiente assim! rsrsrsrsrsrsrs Quer dizer, eu até já fui mas agora estou meio "enferrujado"! xD
    Pois é amigo, a ansiedade realmente estraga nossas experiências! No meu caso porque já faz muito tempo que não tenho um sonho lúcido, como mencionei lá em cima, e acabo ficando eufórico demais ao ir dormir. Está quase como se eu estivesse na tentativa de meu primeiro sonho lúcido! hsuahsuhaushua. Mas já estou conseguindo contornar isso. Ontem mesmo eu tive uma leve consciência no meu sonho (mas nada no nível de poder controlá-lo) e já anotei todos os detalhes no diário.
    Eu utilizo outro tipo de RC, o do dedo, onde você olha pra palma da mão e vê seus dedos embaralhados e em seguida puxa um deles que ele se esticará como se fosse de borracha. Todos os meus SL foram possíveis graças à esse método, que até agora foi infalível comigo!
    De vários SL que tive, uns dois me chamaram atenção. Eu não sei como isso foi possível, mas eu senti dor num sonho! Foi muito real e na época confesso que fiquei com um certo receio em tentar novamente ter outro SL. Achei muito intrigante essa questão e queria saber se mais alguém já passou por algo parecido. Quando a Mal de Inception disse: "A dor está dentro da mente" ao acertar o Arthur com uma bala no joelho eu instantaneamente me lembrei dessa minha experiência.
    E essa uma das questões que eu queria ter mais conhecimentos! Aguardo comentários! xD
    Abraços a todos e tudo de bom! õ/

    ResponderExcluir
  7. Marlon então salva eu com umas dicas cara :D
    sonhos e sl nessa reta final de vestibular é meu único luxo, tanta coisa pra fazer, tanto problema acumulando, dificuldade pra dormir voltando...
    :(
    bem eu vou tentar colocar uma musica mais enquanto você não da mais informações...

    saudade de quando abria seu blog todo dia, conversa td dia no chat, assistindo video no yt.
    alias eu q sou vagabundo msm deveria tah estudando direito desde o começo do ano :(
    meu Deus tanto problema prum ser de 18 anos(recentemente)!

    e professora falando q vao chamar brasil pra guerra e eu tenho q fazer alistamento agora omg desculpa jesus se joguei pedra na cruz

    ResponderExcluir
  8. *musica mais calma

    - olha só atém comendo palavra agora

    ResponderExcluir
  9. acho que eu preciso de um puteiro URGENTE
    uasdhuasdHUHAUDHUASHDUASDHUAHUAHDUASHUDHAUDAS

    ResponderExcluir
  10. Túlio, conheço uns bons hein ! uahsuhasha

    Então gustavo, eu também to assim cara ansioso pra ter outro SL, mais ansioso do que da primeira vez pois faz tempo que tive um que inclusive foi com o RC dos dedos. Olhei pra minhas mãos e vi os dedos desfigurados e fiquei muito eufórico quando percebi estar sonhando. Quanto a dor, realmente é bem isso cara, inclusive não só em inception, se você assistir Shutter Island, vai perceber esse conceito em quase 50% do filme. Bom não posso afirmar com certeza se isso é necessariamente "real" ou não, afinal, quando falamos de sonhos o que é "REAL"? Pra evitar conversas mais profundas, eu vivo isso em quase todos os sonhos, geralmente quando sofro uma auto-sabotagem do meu inconsciente as vezes uma personagem onirica me bate até eu morrer/acordar. Mais é sempre uma experiencia intensa e bem interessante, ocorre quase sempre nas fases REM, mas nunca ocorreu num SL.

    ResponderExcluir
  11. Aconteceu algo inusitado nessa madrugada: eu percebi que era um sonho mas optei por continuar ele sem querer interferir!? Alguém mais teve isso?

    ResponderExcluir
  12. Juliana no documentário WakeUp (sobre sl) muita gente contava sobre isso...

    ResponderExcluir
  13. Fala galera, blz? Depois de 1 semana do meu curtíssimo primeiro sonho lúcido, cheguei ao ápcie ontem. Devo afirmar sem medo que vivenciei cerca de 30 minutos de lucidez plena, com total controle dos atos. Técnicas como rodopear no próprio eixo e esfregar as mãos funcionaram perfeitamente, diga-se de passagem! Usar o ''controle passivo'' também rola de boas, quando eu quis alguém no meu sonho, olhei pra entrada de um corredor e disse ''pow fulana, que você tá fazendo ai?!'' quando virei o corredor, lá estava a pesso uaheuaheuhaeuaheuahe muito foda cara...
    Teve certa hora do sonho que tirei minha camiseta pra me olhar no espelho, quando ela passou pelo meu rosto que eu pedir a visão do cenário, fui mandado pra algo totalmente diferente de onde estava, um mundo ABSURDO provando que nossa mente cria coisas inimagináveis! Era uma floresta ao estilo Avatar, as árvores tinham apenas troncos, quando eu apontava pra elas suas folhas explodiam como fogos de artifício fazendo aquela folhagem bonita e brilhante...

    Usei o método WILD dormindo completamente fora do meu horário normal, durmo geralmente de dia pois trabalho de madrugada, como folguei fds resolvi segurar o sono e durmir de noite.

    Vlw galera, experiência inimaginável e verossímel ao extremo!

    ResponderExcluir
  14. Foi o 2o sonho lúcido? Espetacular heim! E como tu aproveitou pra caramba!
    Lembra se demorou mto pra cair no sono?
    Pode relatar um pouco da tua técnica do WILD?

    ResponderExcluir
  15. Então Márlon, foi o 2º sonho lúcido sim! Engraçado que após acordar desse sonho lúcido, ao dormir denovo, outro sonho lúcido, dessa vez curtinho e meio ''sem graça''.
    Não demorei pra cair no sono não. Como eu disse, eu durmo durante o dia pois trabalho de madrugada, mas como era fim de semana segurei o sono até 1:30 da manhã e fui deitar. Tem um pequeno pontinho de luz de frente pra minha cama (aquele pontinho vermelho de tv desligada sabe?) então, deitei e fiquei com os olhos semi abertos olhando pro ponto, esperando o sono chegar e tentando me concentrar ao máximo. Derepente, do nada já me vi na beirada de uma montanha, na hora já saquei que era sonho, fiz um reality check do interruptor (estava na montanha, hahaha) e começou a chover! Muito legal! Virando a montanha já avistei uma porta, onde sai dentro de um apartamento, aífoi só curtir o sonho! Devo ter demorado cerca de 5 ou 10 minutos no máximo pra adormecer.

    E eu tenho misturado um pouco da técnica Tholey com a Wild, durante o dia faço os questionamentos básicos da técnica, tento imaginar intensamente estar dormindo, etc... E ao me deitar, procuro não me mexer, dormir de barriga pra cima e não deixar o cérebro ''brisar'' demais, tento manter um certo raciocínio lógico mesmo caíndo de sonho. Acho que funcionou muito bem pra mim!

    E o que mais me deixou espantado é a maneira como consegui agir no sonho. Fiquei muito tranquilo, sem afobação, fiz experiências, coisas que queria fazer e o sonho durou bastante! Só acabou porque alguém no próprio sonho me acordou (minha namorada, novamente!) aí abri os olhos na hora.

    Uma dica pra galera que esteja começando, o legal é você traçar na mente antes de dormir como deseja que seja seu primeiro sonho lúcido. Faça um roteirinho, como quem quer encontrar, o que quer fazer, que tipo de aventura experimentar... Isso ajuda na hora você não se afobar, basta seguir o que planejou! Eu fiz tudo que queria fazer no sonho e sobrou bastante tempo pra curtir o improviso!

    ResponderExcluir
  16. Mto bom mesmo Renan! E essa dica de incubar um tema ou narrativa é boa mesmo. Tem alguns textos sugerindo isso por aqui. O teu comentário foi visceralmente ao ponto.
    Abraço e bons sonhos!

    ResponderExcluir
  17. E aí Túlio,
    Como tais se dedicando ao vestiba e tem uma boa experiência com sonhos, tu não pode deixar de aproveitar a oportunidade e usar teu estado mental dos sonhos para conseguir um surpreendente upgrade nos teus estudos.
    Lembra daquele texto que publiquei aqui uma vez sobre se sair estatisticamente melhor no vestiba quem sonha com as provas?
    .
    Então no teu lugar eu não teria a menor dúvida em me esborrachar de estudar, dormir o melhor possível para consolidar memórias e se possível sonhar com o dia "D".
    .
    Vai que é tua companheiro!

    ResponderExcluir
  18. Cara, muito legal esse lance de traçar metas nos seus sonhos antes de chegar ao sonho lúcido. Stephen LaBerge trata sobre isso nessa palestra:

    http://www.youtube.com/watchv=JBjAaJniw2E&feature=related

    O grande lance é você não ficar deslumbrado com o ''Eu posso fazer o que eu quiser!'' e acabar acordando. Dar um objetivo ao seu sonho lúcido te ajuda a se lembrar dentro do sonho comum que você quer estar ciente para fazer determinada ação. Muito interessante a palestra, assisti as 9 partes! Legal ver que usei esse método antes mesmo de saber que ele já era estudado =)

    ResponderExcluir
  19. É uma bela sugestão para texto aqui no blog Renan! Um amigo meu já vinha ressaltando a importância de divulgar mais a idéia do "controle passivo" dos sonhos, sem buscar ficar tentando controlar diretamente.
    Tbém é a tua sugestão!
    .
    No meu caso, eu faço isso pelo uso das portas. Meus experimentos são através delas, baseando em coisas que desejo que aconteçam no ambiente seguinte, conforme alguns textos por aqui.

    ResponderExcluir
  20. Tem um sonho, que eu me lembro muito bem, mesmo já tendo uns 4 anos que eu tive ele. Em estado desperto eu estava viajando, tinha ido pro Espírito Santo, mas num sonho, eu sonhei que eu estava no Rio de Janeiro, onde eu moro, e indo pro colégio com um amigo meu, mas aí eu lembrei que eu estava de férias e acabei vendo que era sonho, aí eu virei pra esse meu amigo e falei "cara, eu tô sonhando" aí ele confirmou e logo depois eu respondi que eu estava lá pra ES e e mandei ele deitar no chão e segurar na minha perna que eu ia mostrar pra ele meu corpo dormindo lá em ES, ele se agarrou na minha perna e eu levantei voo e assim, do nada eu cheguei lá, e quando eu fui me mostrar dormindo, meu amigo tinha sumido e eu acordei. Mas isso foi a bastante tempo, numa época que eu nem trabalhava, parece que desaprendi o caminho.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...