ÚLTIMOS

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Paprika: um verdadeiro mergulho no estado mental dos sonhos!

    Terminei de assistir há pouco essa obra-prima. Quanto carinho na elaboração desse anime! Por trás da obra estão gigantes do oriente: Yasutaka Tsutsui e Satoshi Kon(Perfect Blue e Tokyo Godfathers) Esse último, falecido em 2010. Uma perda enorme.

     Para aqueles que se ressentem de Inception - A Origem, por este não ter mergulhado de fato na inesgotável infinitude imaginativa que é o universo mental dos sonhos, está aqui uma bela oportunidade para sentir algo muito próximo disso e que acontece também em Waking Life.





     A trama se dá com o desenvolvimento de um aparelho que permite compartilhar sonhos e possibilitar tratamento psíquico aos pacientes de uma forma revolucionária. A invenção, obviamente não se limita apenas a isso e mentes ambiciosas e sedentas por poder, logo entram em cena.


     Há sacadas magistrais, como o momento em que um dos personagens faz a reflexão: que num mundo tão inundado pela tecnologia, nossos sonhos se tornaram o último santurário da nossa espécie. Uau!






     Chris Nolan já admitiu que Paprika teve influencia sim sobre Inception. Especialmente sobre a personagem interpretada pela Elen Page(Arquiteta). Sonhos dentro de sonhos, cenas contagiantes de vôo, corredores que se desfazem, portas que se abrem para cenários inusitados... podemos encontrar de tudo um pouco nesse admirável filme sobre sonhos.


      Uma das coisas que mais gosto em Paprika é o contexto fortemente onírico. Por vezes é difícil acompanhar se ainda estão num sonho ou não. É o equivalente aos nossos "falsos despertar" e o filme é bom nisso. A exploração dos ambientes típicos dos sonhos em que tudo pode se deteriorar fácil, não há leis ou lógica vigente e os personagens mais experientes podem fazer valer suas habilidades de controle dos sonhos!...


      Por fim a tecnologia em si,  o pequeno aparelho que permite aos usuários compartilhar seus sonhos e também seu uso como ferramenta de tratamento psicológico. É algo que define a obra como ficção científica. Imagine que prato cheio o psicanalista ou terapeuta podendo adentrar no subconsciente de seu paciente!...

12 comentários :

  1. Vai gostar Douglas. Lembrando que Paprika traz toda carga de uma obra oriental. É um anime, portanto, foge um bocado dos padrões hollywoodianos, muita simbologia da cultura, etc.. é um belo mergulho no mundo dos sonhos. :)

    ResponderExcluir
  2. Ok Márlon... eu não sou um fã de anime não, mas também não tenho nenhum preconceito, pra mim o filme basta ter um tema legal e o tema desse, claro, interessa todos nós... Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  3. Anime muito legal, logo agente nota a influência que teve sobre Inception.

    ResponderExcluir
  4. Hehehe... Não preciso nem dizer que vou tentar ver! Juntar sonhos e anime numa coisa só é de me dar água na boca... ^^

    ResponderExcluir
  5. legal cara, vou assistir, não sou fã de anime mas tem uns que são realmente geniais

    ResponderExcluir
  6. Nya! *.* falou a minha língua agora rsrs
    Eu pensei em baixar paprika antes de ghost hound, mas, como é grande já que é filme, ia demora umas horas pra baixar T.T , então deixei pra depois ^^. Eu vou baixar, só no sábado, já que to em período de avaliação escolar, e eu estudo pelo youtube rsrs, ai se eu colocar pra baixar a net fica lenta, e nao tem condições...
    Ai, eu to louca pra ver esse filme *.*, e já que é anime, me empolguei ainda mais xD!
    Só pelo trailer já deu pra ver que é um ótimo filme
    Realmente adorei o post Marlón!

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o filme gostei muito, assisti ainda ontem depois que vi no blog. Valeu!!!

    ResponderExcluir
  8. mesmo que o filme A origem tenha deixado um pouco a desejar... ainda é um grande filme e nos leva a pensar, e muito!

    ResponderExcluir
  9. Isso aí companheiros e companheiras onironautas! Na medida q assistirem, vamos debater! ;)
    .
    Tais certíssima Lena! Temos q dar prioridades!
    Qdo a tempestade passar vamos debater, pois sei q tu é uma expert em anime.
    .
    Marisa, concordo contigo!
    O único problema q vejo no Inception, é q a excelente história tem um outro lado da moeda não tão bacana:
    - engessou toda potencialidade da imensurável magnitude que é trabalhar a verdadeira natureza dos sonhos. Que é um lugar onde a imaginação e a criatividade são dominantes.
    - pelo que o filme se propôs, desde o início, não houve espaço para explorar toda essência psicodélica dos sonhos.
    .
    Apenas coube a lineariedade da história em implantar a idéia em outra mente e para isso se sacrificou o que realmente é um sonho ou o estado mental dos sonhos.
    .
    Isso tudo não prejudica minha adoração pelo filme, mas apenas deixa em aberto, uma futura oportunidade de exploração do tema em sua plenitude.
    .
    .
    .

    ResponderExcluir
  10. exatamente Márlon, essa é a vantagem do filme por ser um anime, o diretor pode levar nossa imaginação aos pontos mais surreais do mundo onírico, já em inception acredito que a intenção foi mostrar o quão tênue é a linha entre o mundo onírico e a realidade, podendo ser bem confundíveis...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...