ÚLTIMOS

sábado, 21 de abril de 2012

O Sonho que salvou Bertrand Russell

   Existem coisas fabulosas que podemos fazer nos sonhos lúcidos. Desde voar, fazer sexo selvagem(ou romântico), ouvir e tocar música - mesmo sem saber tocar instrumento algum - experimentar ser uma árvore, uma abelha, um cachorro... surfar pelo cosmos, mergulhar dentro de espelhos... sabemos que as possibilidades vão ao infinito! Porém, nem precisamos estar conscientes nos sonhos para compreender a preciosidade desse estado mental.

Bertrand Russell foi um dos maiores filósofos do séc XX e teve um sonho aos 16 anos que o impediu de cometer suicídio.


   Bertrand Russell(1872-1970) foi um renomado filósofo contemporâneo,  ganhador de prêmio nobel, com inestimáveis contribuições na filosofia. Tive aulas monumentais com o Professor Antônio Mariano Nogueira Coelho na UFSC que nos apresentou esse magistral pensador, tanto nas aulas de lógica, filosofia da matemática, como na filosofia analítica em geral.

   Aos 16 anos de idade, Russell teve um sonho que o fez desistir de cometer suicídio. Relatou que havia aprendido o grande valor proporcionado por uma bela noite de sono, bem como a beleza dos sonhos e seu impacto emocional. Aprendeu que podia por vezes, superar desafios filosóficos, matemáticos ou políticos, adquirindo o máximo de informação durante o dia, para então partir para uma boa noite de sono e despertar com boas chances de uma possível solução. Claro que não encontrava a solução sempre. Mas praticava com frequência esse tipo simples de incubação de tema no sonho.

A Morte rondou a mente de Russell quando ele tinha 16 anos de idade...



Numa carta de 1929 ele relatou um sonho, como possuindo a maior beleza que já havia presenciado, marcando-o profundamente.

      "Eu sonhei que meu quarto foi transformado em uma grande caverna na íngreme encosta de uma montanha. No meio dela eu dormia em minha cama, enquanto ao redor, um o lado do outro, dormiam inúmeros eremitas. O aposento contíguo foi transformado em uma caverna parecida e na mesma encosta, ligada a minha, também cheia de remitas, mas acordados.

       Eles eram hostis a nós e poderiam nos matar enquanto dormíamos. Enquanto eu dormia, falei com os eremitas adormecidos:

      "Irmãos eremitas, eu lhes falo na língua do sono, que somente os sonhadores podem falar, ouvir e compreender. Na terra do sono há visões ricas, música maravilhosa, belezas para os sentidos e pensamentos que não ousam existir sob a luz forte e impiedosa do sol. Não acordem do seu sono e não resistam aos outros eremitas usando seus próprios meios, porque embora possam vencer se tornarão como eles, cegos à beleza, à delicada visão, a tudo que os duros fatos destroem no mundo desperto. 
       Portanto, durmam; usando minha linguagem do sono posso incutir-lhes o que é melhor que o sucesso, a guerra, a luta árdua, os bens que não vale a pena acumular, tudo que as pessoas prezam no estado desperto. E com a nossa magia enquanto um a um todos os outros eremitas adormecem, nós incutiremos a visão brilhante, nós lhes ensinaremos a amar esse mundo de suave encanto mais do que o mundo de morte, rivalidade e esforço. E, gradualmente, irradiaremos para todo mundo uma nova beleza, uma nova alegria. 

... eis que através de um sonho com cavernas e eremitas, Russel ganhou marcas de impacto tão profundas que acabaram por dissuadí-lo do suicídio.


       Os sonhos dos homens os conduzirão durante todos santo dia através de campos cobertos de relva e riachos borbulhantes, e durante o sono noturno à majestade das estrelas, tornadas suaves, cálidas e esplêndidas entre os galhos farfalhantes através dos quais brilham; a prédios gloriosos, todos de montanhas inacessíveis cuja brancura torna o azul do céu mais visível; e ao mar misterioso, imponente na tempestade e tranquilo como uma criança que brinca na brilhante mansidão. 

       Nessas visões a humanidade se esquecerá de seus conflitos, todos serão felizes, o sofrimento será eliminado do mundo e a humanidade conhecerá a beleza que é seu destino contemplar." *


  A natureza e as possibilidades de benefícios dos sonhos lúcidos seguem sendo estudadas. Criações artísticas, solução de problemas, desenvolvimento de habilidades motoras, estudo da consciência, possibilidade de auxílio no tratamento de certas psicoses... e as pesquisas apenas começaram a explorar essas novas fronteiras.

No estado mental dos sonhos, existem exemplos magníficos de insights que solucionaram grandes problemas na ciência, criações artísticas na pintura e na música, temas de obras literárias!... Imagem:The Spirit Molecule 3D Vision by Luke Brown.




  Gosto sempre de lembrar que no momento em que estamos conscientes num sonho, podemos testemunhar ao vivo, um estado mental que é lendário em contribuir para grandes feitos na história da ciência,  literatura,  pintura, invenção, música, filosofia e ao que parece, também para salvar a vida de adolescentes ou futuros filósofos deprimidos...


* Carta de Bertrand Russell para Lady Ottoline(20/03/1921)
The Life of Bertrand Russell - Ronald Clark.


11 comentários :

  1. poderia por favor coolocar imagens coerentes aos textos? o.o kkk

    ResponderExcluir
  2. Olá Nyck, tá de gozação né?! Coloquei:

    - o próprio Russel,

    - a Morte(Puro Osso rsrsrs),

    - uma analogia 3D de caverna com um eremita e

    - uma imagem psicodélica sobre o estado mental dos sonhos.

    Por sinal achei o máximo elas e demorei um bocado pra encontrá-las ;p

    ResponderExcluir
  3. Aconteceu comigo logo no primeiro sonho lúcido. Fiquei bem elétrica e animadinha além da conta por alguns dias. Não me surpreende um relato assim como o do filósofo. Pesadelos por exemplo, também podem ser aterrorizantes.

    ResponderExcluir
  4. Eu tava numa "seca braba" de sonhos lúcidos, mais o final de semana foi compensador, na madrugada de sexta eu fiz snowboard nas areias de um deserto, depois saltei e tomei banho em cachoeiras de águas azuis cristalinas, estava lúcido no sonho mais não fiz questão nenhuma de mudar o enredo,acordei com uma sensação incrível de tão real que foi o sonho, no sábado eu fui dormir bem cedo pra tentar outro sonho lúcido, acordei a meia noite, demorei quase uma hora pra dormir de novo, mais de imediato já estava lúcido em outro sonho onde eu atravessei uma parede, e joguei um monte de dinheiro pro alto, dizendo que ali no sonho eu não precisava dele pra nada.
    Marlon parabéns pelo texto, os sonhos não salvaram a minha vida, mais tornam ela bem mais interessante!!!, a propósito achei as imagens sensacionais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Munhoz! Valeu pela força brother!

      Que sonho lúcido divertido heim! Acho que entrei numa seca também. Deve tá fazendo uns 10 dias do meu último...

      E q bleza duas noites seguidas de sonhos lúcidos heim! Também quero ;)

      Abs e bons sonhos para nós!!

      Excluir
  5. quem dera eu com uma seca dessa
    to pelejando desde o começo do ano
    isso é normal?
    sobre o diário dos sonhos:preciso anotar os fragmentados ou só os mais complexos?
    vou me dedicar mais, fazer reality checks anotar no diário e dormir mais cedo.
    Márlon, ta acontecendo uma coisa estranha comigo, as vezes eu to sonhando, faço o reality check e não fico lúcido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Vinicius,

      Sim sim, comece anotando qualquer flash ou imagem que tu lembre, qualquer fragmentozinho, vale ouro, pois isso é que faz a gente construir a capacidade de lembrar dos sonhos.

      Experimente programar para despertar meia-hora antes do q tu costuma. Tome uma água e volte a dormir desejando SERENAMENTE ficar consciente nos teus sonhos.

      Essas combinações são especiais. O Reality check é um auxiliar. Ajuda, mas nem é ele quem faz a diferença. Como toda ajuda é bem-vinda, não dá pra deixar de brincar com ele: seja olhando para as mãos, espelhos, acionando interruptores, relógio... o q funcionar melhor pra ti. Tentar ler textos em sonhos então é pefeito! rsrsrs

      Abs e bons sonhos onironauta!

      Excluir
  6. as vezes da até vontade de desistir, lendo os comentários, o pessoal lembra de 8 a 10 sonhos por noite naturalmente, quase sempre fica lucido sem técnica nenhuma...
    isso é outro problema nunca me lembro de um sonho completo, só vários fragmentos q nem sei se foi no mesmo sonho.

    ResponderExcluir
  7. corrigindo o comentário anterior 8 a 10 sonhos por semana

    ResponderExcluir
  8. oi vinicius, eu não sei porque mas quando eu uso o I-doser astral prejecion, eu tenho uma boa sequencia de sonhos e acordo lembrando deles, esse som foi feito para projeção astral porem eu nunca consegui projeção usando ele, mas sempre que o uso ele melhora a minha memoria dos sonhos. baixa ele do site do I-doser, o som tem duração de 30 minutos, deve ser ouvido antes de dormir, escuta ele, ao terminar vai dormir, não vale dormir no durante e sim logo após. essa é uma experiencia pessoal que estou compartilhando e tem funcionado para mim, não custa tentar. quando realmente queremos ter um sonho lucido qualquer esforço vale a pena.

    ResponderExcluir
  9. Obrigado carlos vou tentar.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...