ÚLTIMOS

domingo, 9 de setembro de 2012

Memória e os Sonhos Lúcidos


   O sonho lúcido abaixo relatado, aconteceu enquanto vinha me esforçando pra manter meu Diário de Sonhos em dia. Dormindo próximo das 23h, despertando pelas 5h e voltando a dormir. Venho me exercitando com musculação e corrida. Tenho me alimentado bem, mantendo vitamina B6 e bananas bem presentes no cardápio.
 
   Sonhei com uma amiga. No shopping a gente caminhava e conversava animadamente. Mas havia algo de errado. A gente já havia se encontrado e se despedido naquela noite - horas antes de dormir...! Então eu só podia estar sonhando rsrss a euforia tomou conta. Agarrei ela e levantei vôo dando uns giros de tanta alegria. Fazia algumas semanas que eu não ficava consciente num sonho. Pelo menos, não daquele jeito tão mentalmente seguro, forte e intenso. Pensei que seria interessante se ela tivesse alguma experiência como aquela pra ver como era tão bom.



    Levantei vôo novamente pra explorar a área. O tempo estava bonito e aterrisei num lugar próximo. Com uma terra interessante. Pensei em dar uma de escultor. Comecei a montar uma estátua e estava muito fácil, mas o tempo fechou rapidamente. Uma grande tempestade começou a alagar tudo e ferrou com minha pequena obra. Mas nem me importei. Eu estava afim de explorar o máximo que pudesse, sem forçar o controle sobre a narrativa do sonho, conforme tinha pregado no post anterior.

    Aproximei-me de uma grande construção. Um prédio e a tempestade já tinha se transformado em alagamento. Um caminhão gigante veio com o aguaceiro e deu uma imensa porrada no prédio. Eu entrei no prédio voando.



    Lá dentro encontrei num apartamento o Richard Gere. Conversei com ele de que ele poderia me ajudar a lembrar dos meus experimentos.
"Então, ajude eu a lembrar o que tinha planejado fazer na próxima vez que ficasse consciente aqui no sonho...".
Ele pareceu bem contente em poder ajudar. Nisso eu lembrei entusiasmado:
- "Ahá! Minhas experiências com a memória. Meus nove flashbacks dos meus três anos de idade."
 Ele exultou:
- "Sim! Isso mesmo! Os nove flashbacks!" E saltava vibrando rsrsrs

    A partir dessas memórias eu poderia resgatar coisas que não lembrasse no estado desperto. Pelo menos experimentar e ver o que aconteceria nesse sentido. A claridade parecia muito fraca e acionei uns interruptores daquela sala. Dirigi-me para a porta e desejei voltar para minha recordação mais maluca dos nove flashbacks.

    Era uma lembrança, na qual meus pais me levaram junto, numa visita a um casal com filhos, num apartamento e eu tinha visto uma cena assustadora num quarto. Caminhando sozinho por aquele apartamento, lembro até hoje que vi alguém literalmente perdendo a cabeça, a cabeça saindo do corpo e outras pessoas ali junto sem se importar e pareciam se divertir.



    Fechando a porta onde ficou o o meu ajudante, comecei a caminhar por um corredor que parecia estranhamente familiar. Isso causou uma sensação muito estranha em mim que até agora não sei descrever. Um misto de familiariedade com não conseguir identificar de onde realmente vinha aquilo. Havia alguém num banheiro, tomando banho e do lado eu decidi que estaria a resposta, para o que de fato acontecera naquela minha antiga memória. Abri a porta do quarto ao lado e em cima da cama encontrei um pacote fechado. Não muito grande. Embrulhado de presente.

    Peguei e levei para o lugar de onde saí. Entrei com o pacote e comecei a desembrulhar a resposta-presente. Era um boneco muito estranho. Lembrava um pouco a Magali, mas estava com a cabeça bem mole, como se estivesse estragado. Junto veio um boneco ainda menor. Como se fosse um coelho da Magali.

Despertei.

   Essa visita ou resposta, para uma das minhas 9 recordações mais antigas foi interessante. A lembrança de uma cabeça caindo e o pessoal naquele quarto vendo minha reação e se divertindo com isso... eu tinha muito interesse em explorar essa lembrança. Ver o que meu subconsciente apresentaria e dois resultados bem interessantes:

1) A impressionante sensação de familiaridade quando abri a porta para aquele corredor. Era como se estivesse de fato passando por um lugar que já tinha estado.

2) A boneca da Magali com a cabeça solta. rsrsrs  Realmente acredito que foi uma resposta que já estava mais ou menos dentro do esperado. Mas a maneira como foi respondido foi bem interessante. Mostrando a boneca com a cabeça, mas bem solta.

13 comentários :

  1. Ei Marlon é possível aprender nos sonhos lúcidos? Estudar para provas e coisas assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Shadow,

      Vale aquela máxima: no pain, no gain! Quando a gente pesquisa esses grandes insights de cientistas, inventores, filósofos, artistas e escritores, o mais comum é que eles já vinham se esforçando muito no estado desperto.

      Nos sonhos o que vamos conseguir é trabalhar de uma maneira diferente com o cérebro.

      A lógica vai ceder um pouco de espaço na estrutura do sonho e seremos capazes de aflorar nossa criatividade de maneira muito intensa e fazendo muitas conexões diferentes do estado desperto.

      Quanto a estudar, mesmo nos sonhos não lúcidos, existem pesquisas com resultados bem interessantes, onde mostram que as pessoas que sonham estar fazendo as provas acabam tendo desempenho mais eficiente :)

      Excluir
  2. nossa, Marlon suas experiencias me dão até arrepios, muito legal, pena que eu parei por 1 mes de ter SL, mais agora vou tentar denovo e vou conseguir. Ja estou com meu diario e anoto tudo direitinho, além de dormir 9hrs por dia. Tambem percebo que quando meu dia não está bom meus sonhos ficam terriveis, só lembro de fragmentos. Estou fazendo a Tecnica MILD, e varios RC por dia, e tambem fiz um totem, ele me ajuda a fazer os RCs, vou ter um sonho lucido logo logo, alias ja tive um, só que fiquei muuuuito euforico e dei um salto em que cheguei na lua, dai acordei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Evandro


      EStou no mesmo barco companheiro. Tô me policiando pra dormir mais cedo e aplicando MILD com um pouco de Tholey. 2 dias sem anotar mas hj vou botar no diário de certeza :)

      Abs e bons sonhos para todos nós!

      Excluir
  3. Oi, tenho 17 anos, tenho sonhos lúcidos há mais ou menos 6 meses, sempre que durmo durante o dia, mas não gosto dessa experiência, parece um tanto assustadora para mim, a paralisia e o não conseguir acordar,e tudo exatamente como o descrito aqui. Queria dormir normalmente como era antes, o que faço para parar de ter sonhos lúcidos? Help me.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá onironauta

      A paralisia do sono se é crônica pode ser acompanhada por algum médico da área do sono. Trata-se de um distúrbio e portanto existem alternativas além das descritas aqui no blog. ;)

      Sobre a dificuldade de despertar de um sonho lúcido, recomendo ler com atenção o Método de Tholey e nos passos em que ele orienta para imaginar estar num sonho exercite com bastante atenção o teu despertar.

      Uma alternativa interessante para o despertar fácil é forçar o controle do sonho. Tente fazer coisas bem difíceis como atingir um orgasmo. Dificilmente o fluxo do subconsciente resiste a tanto rsrsrs e na pior das hipóteses tu vai ganhar prazer intenso ;D

      Excluir
  4. Entendi. Meu pai é psicólogo e havia me dito que não tem uma "fórmula" para parar de ter os sonhos, e acha que eu devo ir mais a fundo com a experiência, mas eu não so muito afim. Mas acho que vou tentar fazer coisas difíceis então uahsuasa, mas valeu, obrigada. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja sempre bem-vinda!

      Uma boa opção é o Fórum de Sonhos Lúcidos, com os links espalhados pelo blog. Lá tu vai encontrar muitas pessoas relatando experiências, usando diários e tirando dúvidas tbém.

      Abs e bons sonhos!

      Excluir
  5. Oi Márlon, cara estou gostando deste asunto de sonhos lúcidos, só que eu estou com uma duvida é sobre anotar os sonhos eu estou fazendo isso direitinio, mas não é em um diario e sim em um smartphone android eu acho mais pratico, vc acha que isso pode interfirir em lembrar dos sonhos, ou é a mesma coisa que escrever em um diario?
    Parabens pelo Blog assuntos muito interesantes, aguardo sua resposta!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Seja bem-vindo!

      Brigadão pelo elogio ;)

      Sobre o tipo de anotação, não tem importância onde anotamos. O importante é que a gente exercite a recordação dos sonhos. Quanto mais detalhes melhor.

      Na medida que vamos anotando vamos treinando nossa mente pra reconhecer aquela realidade que tem certas peculiariedades que destoam bastante do estado desperto. :)

      Excluir
    2. Oi márlon, valeu pela ajuda, tenho mais uma pequena duvida é sobre os Reality Cheks, eu faço os de olhar para as maos
      vc acha que é melhor eu mim consentrar somente neste Rc ou tambem alem de fazer este eu deveria fazer tambem outros tipos de reality cheks???

      Há meu nome é Izael eu faço parte do forum, que eu encontrei aqui no seu blog.

      Excluir
    3. Opa! E aí Izael! Bom te ver por aqui tbém ;)


      Sobre os reality checks, o ideal é tu ir testando, assim como os métodos(MILD, Tholey...). Perceba após um mês como estão os efeitos deles nos teus sonhos. Penso nos reality checks como suplementos. Sozinhos eles tem pouco efeito, mas junto com algum método em aplicação e um Diário de Sonhos, podem ser bem valiosos.

      Excluir
  6. Oi Márlon, aqui é Izael, quero lhe fazer uma pergunta, depois de pesquisar aqui no blog e no forum sobre o metodo wild, eu gostaria de saber qual é sua opinião sobre o wild? Vc já coseguiu ficar lúcido no sonho por meio do wild?
    Como sempre obrigado pela sua atenção, Até...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...