ÚLTIMOS

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Qual o seu Super-Herói interior?

     Refletindo sobre a importância do propósito, autossugestão e reflexão, principalmente pelo alto grau de eficiência, verificado em experiências de laboratório de sono, fui atrás de um Experimento/Desafio, proposto pelo sonhador lúcido Emerson Pawoski.

Um dos Experimentos/Desafios mais divertidos... qual o seu super-herói interior?
Na imagem, wallpaper do espetacular Man of Steel.

     O desafio proposto pelo onironauta é descobrir, através de um sonho lúcido, qual o nosso super-herói interior... imediatamente fiquei contagiado pela idéia (bem ao estilo A Origem rsrs). A princípio achei que meu subconsciente seria facilmente influenciado pelos meus super-heróis prediletos...

     No caso do Super-Homem, havia assistido recentemente o Man of Steell e sempre foi um dos meus prediletos(primeiro filme que vi no cinema!). Tenho até uma fantasia do kryptoninano. Poderia ter sido o Hulk, pois além de colecionar os gibis por um bom tempo, meu primeiro sonho lúcido aconteceu comigo superando um pesadelo, transformando-me no gigante esmeralda. O Surfista e Coruja sempre foram especiais pra mim também... então estava bem curioso pra ver o que meu subconsciente me reservara.

O Hulk foi o primeiro personagem em que me transformei já no meu primeiro sonho lúcido, em que superei um pesadelo, ainda na minha infância. Na imagem O Incrivel Hulk, filme da Marvel.

Segue minha experiência que aconteceu nessa madrugada(quarta-feira, 24/07/2013):

"Estava numa casa e fiquei consciente. Lembrei do experimento/desafio para descobrir que super-herói o subconsciente diria que sou. Fui achar uma porta. Abri uma que me levou para um recinto. Lá encontrei um espelho, no qual contemplei meu reflexo.

Eu trajava uma camiseta esporte, com o nr 72 nela. Realmente não lembro de algum super-herói com esse traje espetacular. Pensei em alguma tática diferente... caminhei para outro cômodo da casa, procurando por algum armário. Encontre um, abri a porta e enfiei a mão nele sem olhar.

Puxei um boneco ou miniatura que era um índio, trajando uma indumentária com asas. Era de cor vermelha escura. As asas lembrava um pouco o Falcão, parceiro do Capitão América, pois não eram nas costas, mas estavam enter o tronco e os braços. O índio me lembrava um pouco o Shaman da Tropa Alfa ou "Chefe Apache".

Caminhei mais um pouco fui até o espelho e lá pratiquei um pouco meus abdominais que preciso dar uma melhorada no maldito pânceps. Fiz diversas contrações e me diverti vendo os músculos que nunca tive.

Caminhando resolvi correr e saltar pela paisagem. Lembrava o Leto Atreides, do livro que estou terminando de reler, Os Filhos de Duna, após sua transformação com as trutas da areia. Procurei por alguns números para jogar(...)"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...