ÚLTIMOS

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Sonhos Lúcidos para Solução de Problemas

     Quando sonhamos, o cérebro está funcionando de uma maneira diferente do estado desperto. A criatividade ganha um espaço gigantesco, com um recuo considerável da lógica, possibilitando insights espetaculares. Isso acontece mais especificamente nas fases REM do sono.

Os Sonhos Lúcidos podem servir de Laboratório de experimentos. Podemos acessar impressões que nosso subconsciente mantém guardado. Na imagem Amadeus Cho, considerado por Reed Richards a 7a pessoa mais inteligente da Terra. Um dos personagens mais divertidos da Marvel :)
     Um experimento fascinante é buscar a computação do cérebro no estado mental dos sonhos. Como é um conhecimento bem difundido, a atividade cerebral nas fases REM do sono é especialmente ativa. Praticamente tão ativa como no estado desperto, produzindo sonhos intensos, vívidos de emoção e de estímulo aos sentidos.

      Ora, uma vez que durante o estado desperto, a mente esteja debruçada na busca por uma solução de alguma questão ou problema, passa a ser bem interessante, obter sugestões que nosso subconsciente possa oferecer. Possivelmente intuições que possam ter passadas despercebidas quando acordados.

      São bem famosos os exemplos de cientistas(Kekulé, Mendelev...), músicos(Paul Mcartney), inventores(Elias Howe), filósofos(Descartes, Russel), escritores(Mary Shelley com Frankenstein, Stevenson com O Médico e o Monstro) e pintores(Dali...) que conseguiram obter resultados espetaculares a partir dos seus próprios sonhos.

"Aprendamos a sonhar, senhores, pois então talvez nos apercebamos da verdade." - Augusto Kekulé, 1865.



       O Experimento.

   Problema a ser tratado:
        Uma pessoa está em negociação, em função de uma reestruturação que está acontecendo na empresa. A empresa para qual trabalha está oferecendo uma proposta, contratando a empresa dela para que preste serviços. As negociações estão difíceis, com a empresa contratante cedendo muito pouco.

         Meu experimento foi o de questionar meu subconsciente para que me desse uma resposta perante o problema: "Qual a melhor forma de apresentar nova contra-proposta?"

Eis o sonho-experimento que tive(na mesma noite):

    "Num ônibus eu estava de short de pijama. Estranhei muito a situação e olhei para a mão. Meus dedos estavam menores e tortos. Fui inundado com minha consciência. 
Vi a pessoa(versão do meu subconsciente) que tinha o problema na minha frente e não resisti em comentar com ela, mostrando as mãos...  parti de imediato para o experimento que era questionar meu subconsciente sobre: "como deveria ser feita A Proposta ?"

    O questionamento seria feito para o subconsciente, então fui até o fim do ônibus procurando pelo dono da empresa contratante. Vasculhei o ônibus sem êxito, mas encontrei um macaco, numa poltrona de passageiro. Questionei o brother que era bem parecido com um chipanzé, o qual respondeu com humor contagiante. Senti
algo engraçado. Caminhei mais pelo ônibus.

    Encontrei um homem com trajes bem formais, uma maleta de executivo e vi que era "O Sócio". Questionei ele e a resposta foi que a mudança que acontecia, fazia sair de uma zona de conforto. O investimento seria preciso...  "


"O Sócio" que apareceu como resultado ali do meu subconsciente. Na imagem, O Observador, da excelente série Fringe... eeeeeiii!! Será que eu estava sendo "observado"?!?



   Tive então um falso-despertar.

   
    Repassei o sonho-experimento pra pessoa que havia me solicitado. Até agora me sinto bastante fascinado com a experiência. Que talvez não seja tão útil no final das contas para o caso prático em si, mas mostra ser bem possível trabalharmos problemas com auxílio da consciência nos sonhos/sonhos lúcidos. 

    Parece-me mais eficiente para situações que conhecemos com mais profundidade os elementos e variáveis que estão envolvidas na situação-problema.


       
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...