ÚLTIMOS

sábado, 6 de junho de 2015

Dennett X Sonhos Precognitivos

Daniel Dennett ¹, um conhecido filósofo da mente, já citado no texto anterior, apresentou uma interessante alternativa a forma como é aceita a concepção dos sonhos. Dentro dessa teoria, ocorre uma explicação razoável para eventos coincidentes nos sonhos com acontecimentos na vida desperta. Coincidências essas normalmente chamadas de sonhos precognitivos...

Com a Teoria da Biblioteca dos Cassetes, proposta por Daniel Dennett, nossos sonhos não seriam experimentados e a própria memória está comprometida. Assim, não estaríamos vivenciando aqueles relatos, mas na melhor das hipóteses, conseguindo trazer da memória alguns eventos ali gravados e reproduzidos no despertar. Desse modo, os sonhos não seriam tecnicamente experimentados, mas apenas recordados, extraídos de nossa biblioteca mental... como em cassetes.

Em seu texto, Dennett (1978) afirma que, de acordo com a concepção da teoria dos cassetes, nossos sonhos “pré-cognitivos” nunca são sonhados de forma alguma, mas apenas supostamente “lembrados” ao acordarmos. Sendo assim, os mecanismos de memória estariam vazios até o momento de acordar e não se trataria de episódios experimentados.  Não existindo assim, a experiência do sonhar.

Como certos sonhos parecem tão diretamente influenciados pela narrativa, com seus desfechos, incidindo coincidência com eventos do ambiente ao despertar, cria-se a questão de como os sonhos poderiam antecipar acontecimentos do estado desperto. Essa questão, proposta por Dennett (1978), cita um exemplo: 

"num experimento em laboratório, no qual formas diferentes estavam sendo utilizadas, para efetuar o despertar de pessoas que sonhavam e nesse caso, uma delas foi estimulada a acordar, com pingos de água fria nas costas. Seu relato, informou que estava cantando numa ópera, quando de repente percebeu a soprano ser atingida por pedaços do teto; o sonhador foi em direção a soprano e ao se debruçar para protege-la, sentiu em suas costas o gotejar da água fria."




Teixeira (2008) ² chama atenção para alguns pontos positivos e outros negativos da teoria proposta por Dennett. Nesse sentido, favoravelmente, com a relação estreita entre o despertar e a capacidade de recordação, encaixando-se como fenômeno alucinatório instantâneo ao acordar, a teoria dos cassetes cobriria assim, como uma alternativa a ideia de existência de sonhos pré-cognitivos. 
Certos fenômenos de antecipação de eventos ou precognição ao despertar poderiam ser explicados. De acordo com Teixeira, um telefone que é avistado no sonho e começa a tocar, em coincidência com o sonho?...  Para o filósofo brasileiro, através da teoria dos cassetes: "A resposta de Dennett é que este tipo de sonho ocorre precisamente ao despertar e se explica pelo despertar. Afora esta solução, a única alternativa seria introduzir o conceito de precognição em nossa teoria do conhecimento, o que, neste caso, equivaleria a trocar o obscuro pelo mais obscuro, pois este é um fenômeno sobre o qual praticamente nada sabemos".

Bibliografia:

(1)DENNET, Daniel C. Brainstorms: Ensaios Filosóficos Sobre Mente e Psicologia. São Paulo: UNESP, 1978.

(2)TEIXEIRA, F. J. A mente segundo Dennett. Perspectiva São Paulo: Perspectiva, 2008.
 

7 comentários :

  1. Olá, comecei a acompanhar o blog no inicio do ano por curiosidade e também por diversão. Li todos os posta sobre os métodos e tal, mas só após 10 dias tentando tive algo. Eu tava bem ansioso pra isso acontecer, naquele momento só me lembro que de repente me toquei que estava sonhando, mas no mesmo instante veio a famosa tela azul da morte e eu acordei super apavorado. Como se eu realmente estivesse com medo do que tanto busquei experimentar ( algo que hj eu vejo em mim mesmo), mas eu não desisti. Li mais e mais e em menos de 1 mês tive sonhos lúcidos rápidos, nos quais eu tinha consciência do que fazia e incrivelmente esses sonhos eram como novas versões de sonhos que eu já tive (isso é ctz), mas parece que eles faziam sentido e se explicavam pra mim. Inclusive, no sonho, perguntei às pessoas sobre esses sonhos e elas me responderam o porquê deles não terem feito sentido na época. Ne senti num filme (anime na vdd, por motivos pessoais ;3). Mas depois de um tempo comecei a me atarefar na realidade e não tive mais tempo ou coragem pra me esforçar com esses sonhos dnv. Agora estou tentando voltar a explorar o mundo dos sonhos e o blog tem ajudado bastante nisso, mas qria saber sr tem alguma dica específica, pois os sonhos que tive no início do ano não tinham a temática que eu busco como centro, apenas como detalhe. Outro ponto é que os sl tem me ajudado a me conhecer melhor e saber mais detalhadamente o que eu quero mudar na minha vida, enfim, acho que foram a melhor coisa que descobri esse ano. Quero explorar coisas como transformação e seguir histórias que eu imagino durante o dia mesmo, além de sonhar com pessoas especificas e conseguir manter frequentes os sl. Sei que não ė algo que vai ocorrer de uma noite pra outra, mas Toda ajuda é bem vinda, abraços :). Aaah, detalhe: hackearam o forum? Teve uma vez que eu acessei e fiquei assustado com as msgs e não voltei mais :x

    ResponderExcluir
  2. Olá onironauta,

    Parabéns pelos experimentos! E brigadão pela presença.
    Sobre o Fórum, pelo que verifiquei agora conseguiram resolver. Nâo deixe de relatar os problemas ou sugestões ao pessoal que está fazendo um belo trabalho por lá: Hiriu & Cia.
    Abração e bons sonhos!

    ResponderExcluir
  3. Ontem mesmo sonhei com meu celular tocando, só que não dava pra atender a chamada. Acordei já com raiva e vi que meu celular na realidade é que tava tocando mesmo. Hue

    ResponderExcluir
  4. Márlon, Eu estava lendo artigos do blog e li uma parte sobre quando eu visse um gato, me perguntasse se eu estava sonhando e tal.. não me recordo bem.. mas eu estava tomando banho e de relance vi o vulto de um gato, quase morro no susto. isso é normal?
    nao consegui ter nenhum sonho lúcido ainda, me sinto incapaz!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natssa,

      Tais utilizando que técnica? É essencial manter um Diário de Sonhos ao lado da cama. Reality checks ao dia(escolha o que lhe convier) e uma boa técnica como o MILD, Tholey...

      A demora em ter a primeira ocorrência não é problema. O importante é garimpar o que vai funcionar melhor pra ti. Não esqueça da qualidade do sono.

      Sobre o vulto do gato, apostaria na possibilidade de algum tipo de alucinação. Pode ser causado por muitos fatores: débito de sono, maior ou menor irrigação de alguma região do cérebro, algum medicamento... tem um livro ótimo sobre o tema: A Mente Assombrada, do Oliver Sacks.

      Excluir
  5. Ontem descobri esse blog. Nunca tinha ouvido falar sobre sonhos lúcidos... mas quando ouvi me interessei. Li dicas de como tê-los e tentei ontem mesmo. É por incrível que pareca, acho que deu certo... tive um sonho meio confuso, um cara estava me torturando. Mas eu agia tranquilamente, pois sabia que aquilo era um sonho. Bom, se consegui ou não, eu não sei. Mas a verdade é que sou fascinada por esse universo misterioso que cada um carrega dentro de si.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...